Sobre Dr. Rafael Mourato


CONHEÇA A HISTÓRIA

Quem é
Dr. Rafael Mourato?

Dr. Rafael Mourato nasceu em São Paulo, mas viveu por sua infância e adolescência no Sertão de Pernambuco. Antes de estudar medicina iniciou estudos em ciências da computação (UPE) e Farmácia (UFPE), mas decidiu seguir sua paixão e se mudou para Curitiba – Paraná para estudar medicina. Sempre interessado no desenvolvimento de pesquisas e no conhecimento das áreas que envolviam cirurgia, foram 6 anos que culminaram no êxito da formação médica e com o recebimento de algumas honrarias como prêmios por trabalhos científicos apresentados em congressos, artigos científicos publicados em revistas médicas nacionais e internacionais e finalmente com a láurea, prêmio Daniel Egg, pela segunda maior média geral no curso médico.

Após isso ele mudou-se para Alemanha onde estudou cirúrgia na Universidade de Wurzburg. De volta ao Brasil, por dois anos foi médico Residente de Cirurgia Geral na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Um de seus mentores, Dr. Marcelo Gonçalves Sousa, o incentivou a desenvolver mais seu conhecimento em transplantes na Universidade de São Paulo (USP), área que mais tarde se tornaria uma de suas paixões. E também a desenvolver habilidades e competências em Cirurgia do Trauma. Este foco fez com que o Dr. Rafael se tornasse posteriormente instrutor do mais respeitado curso de treinamento para médicos que atendem pacientes vítimas de acidentes. O Advanced Life Trauma Support (ATLS).

Fascinado por todas as especialidades que envolvem cirurgias e pelo cuidado com o ser humano, optou por especializar-se em Urologia, e estudou na Universidade de Pernambuco por três anos. Lá teve oportunidade de aprender as técnicas de cirurgias minimamente invasivas e o tratamento dos vários tipos de câncer que assolam a parte urinária de homens e mulheres como de rins, bexiga e ureter. E também aqueles acometem apenas homens como próstata, câncer de pênis e testículos. Nesta época teve seus primeiros contatos com a cirurgia robótica auxiliando cirurgias de um grande urologista: Dr. Francisco Cavalcanti.

Após o término da residência médica em urologia, teve oportunidade de conhecer alguns dos principais nomes da urologia do Mundo ao visitar serviços de Urologia como a Cleveland Clinic e University of Southern California. Fixou residência em João Pessoa onde já ministrava aulas na Faculdade de Medicina e trabalhava com Médicos residentes no Hospital Municipal Santa Isabel. Posteriormente foi convidado para participar da equipe de Uro-oncologia do tradicional Hospital São Vicente de Paula, equipe criada pelo Dr. Rafael Rebouças, e em seguida a fazer parte do Hospital Nossa Senhora das Neves, lá teve a oportunidade de fazer parte da equipe de transplantes renais, coordenada pelo Dr. Rafael Maciel, já tendo realizado um grande número de transplantes renais em conjunto com uma equipe dedicada.

Hoje o Dr. Rafael Mourato continua com o mesmo entusiasmo de quando começou sua jornada. Dedicando-se a ciência enquanto cursa seu Doutorado no Instituto Italiano de Rosário, Argentina. Estudando tecnologia, hoje cursa um Master Business Administration em Inovação na Área de Saúde e especialização em gestão, marketing e empreendedorismo. Focado no desenvolvimento da sua especialidade pois é o atual Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia Seccional Paraíba. E por fim gostando de pessoas, e de contribuir na mesma medida em que busca crescer como pessoa e como médico.

ESPECIALIDADES


CÁLCULOS URINÁRIOS

Cálculos urinários são muito comuns, em muitos países acometem mais de 10% da população, e em alguns casos são recorrentes. Podem causar muita dor e por vezes são uma urgência médica. Seu tratamento é variável de acordo com a localização do cálculo, tamanho e de como o paciente está no momento da avaliação. Este tratamento pode ser com medicações ou com cirurgia que na grande maioria das vezes é realizado por endoscopia (sem cortes).


CÂNCER DE PRÓSTATA

É o câncer mais comum entre os homens (se não contarmos com câncer de pele). Para se ter uma ideia 3 de cada 10 homens com câncer têm câncer de próstata. E cerca de 15% dos homens terá câncer de próstata. A doença normalmente não apresenta sintomas. Por isso é tão importante o acompanhamento com o urologista. O tratamento é diverso dependendo do estágio em que a doença está. Pode ir desde a observação em casos mais leves, até cirurgia (aberta, por vídeo ou robótica) e tratamento com hormônios em casos mais avançados.


VASECTOMIA

A de esterilização masculina é um procedimento rápido e considerado o método contraceptivo mais seguro. A recuperação é muito rápida e ao contrário do que dizem não altera a potência ou o desejo sexual do homem, nem engorda. O resultado de esterilização só se concretiza 2 meses ou 25 ejaculações após a cirurgia.



CÂNCER DE RIM

Temos percebido um aumento no número de pacientes com essa doença. Ela é silenciosa e o diagnóstico na maioria das vezes é quando achamos o tumor em um exame tomo ultrassonografia, tomografia ou ressonância magnética feita por outro motivo. A boa notícia é que na imensa maioria dos casos os tumores são tratáveis. Preferencialmente com a retirada apenas do tumor (cirurgia chamada nefrectomia parcial) ou de todo o rim em casos mais avançados (nefrectomia radical). Estas cirurgias preferencialmente são realizadas por videolaparoscopia ou robótica, podendo também serem realizada por via aberta.



FIMOSE

Quando há um excesso de pele que recobre a glande (popularmente chamada de cabeça do pênis) que causa algum incômodo, o urologista é o responsável por fazer a cirurgia de retirada deste excesso de pele. E não é uma cirurgia feita apenas em crianças. Muitos adultos precisam passar por ela, diminuindo assim infecções por fungos e facilitando o higiene local.



CRESCIMENTO DA PRÓSTATA

Este crescimento da próstata comum nos homens com mais de 40 anos é chamado Hiperplasia Prostática Benigna. É normal, mas pode causar incômodo, como dificuldade para urinar com jato fraco, acordar várias vezes a noite para ir ao banheiro ou mesmo uma pressa urgente para ir ao banheiro. O tratamento que inicialmente pode ser realizado com medicações, pode necessitar de cirurgia se não melhorar com uso de remédio, se houver sangramento, pedra na bexiga ou prejudicar os rins, por exemplo.




Entre em contato

Mande um e-mail, uma mensagem no WhatsApp ou até faça uma ligação. Você terá um atendimento personalizado e com o cuidado que você precisa.


CONSULTÓRIO

Clínica Nucleobari
R. Poe. Targino Teixeira, 251
2º Andar, Sala 66
Altiplano Cabo Branco, João Pessoa – PB


ENTRE EM CONTATO

(83) 99314-6423


ENVIE UM E-MAIL

contato@drrafaelmourato.com.br


AGENDE UMA CONSULTA

Clique para agendar uma consulta com o Dr. Rafael Mourato.




CRM-PB 8795





CRM-PB 1234




Agendamentos

(83) 98661-7137


LINHA DIRETA

Neste telefone você poderá agendar sua consulta com um atendimento personalizado. Seja via WhatsApp ou ligação.




© Todos os direitos reservados – Dr. Rafael Mourato



© Todos os direitos reservados – Dr. Rafael Mourato